Reestruturação de dívidas

O ritmo lento da economia e a falta de perspectivas de uma melhora significativa nos próximos meses aumentou a demanda pelos serviços de reestruturação de dívidas prestados por boutiques financeiras. Na TCP Latam, que atua com foco em empresas em situações especiais no Brasil e na América Latina, por exemplo, o passivo gerenciado aumentou em mais de 100%, passado de R$ 460 milhões, em 2014, para R$ 1 bilhão, em 2015. Esse valor deve chegar a R$ 1,2 bilhão até o fim do ano.